quarta-feira, 2 de março de 2011

ELO DO AMOR




Amo como ama o amor. Não conheço nenhuma outra razão para amar senão amar. Que queres que te diga, além de que te amo, se o que quero dizer-te é que te amo?
[Fernando Pessoa]





CERTA VEZ PERGUNTARAM A UMA MÃE QUAL ERA O SEU FILHO PREFERIDO, AQUELE QUE ELA MAIS AMAVA.
ELA, DEIXANDO ENTREVER UM SORRISO, RESPONDEU:
"Nada é mais volúvel que um CORAÇÃO DE MÃE.
E como mãe, lhe respondo: o filho preferido, aquele a quem me dedico de CORPO E ALMA:...
é o meu filho doente, até que sare...
O que partiu, até que volte.
O que está cansado, até que descanse.
O que está com fome, até que se alimente.
O que está com sede, até que beba.
O que está estudando,até que aprenda.
O que está nu, até que se vista.
O que não trabalhe, até que se empregue.
O que namora, até que se case.
O que se casa, até que conviva.
O que é pai, até que crie.
O que prometeu, até que cumpra.
O que deve, até que pague.
O que chora, até que se cale."

2 comentários:

  1. Outro espaço maravilhoso!
    Espero conseguir navegar mais tempo, pois chove a conexão fica instável...
    Obrigada por tão bons momentos!
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Linda entrada me ha gustado mucho la elctura y visitarle.

    ResponderExcluir