quinta-feira, 30 de junho de 2011

MAL ENTENDIDO NO AMOR







Eu gosto de delicadeza.


Seja nos gestos, nas palavras, nas ações,

no jeito de olhar, no dia-a-dia e até no que

não é dito com palavras, mas fica no ar..."
(Manuel Bandeira)


"O amor tem a capacidade de fazer os pedaços despedaçados voltarem a ser inteiros!"

(Padre Fabio de Mello)


quinta-feira, 23 de junho de 2011

segunda-feira, 20 de junho de 2011

PARTILHANDO AFETO




O RESTO DO DIA

(Clarice Lispector)

Só então vestia-se de si mesma, passava o resto do dia representando com obediência o papel de ser.


domingo, 12 de junho de 2011

Esperança no Amor



ONDE MAIS DÓI

(Clarice Lispector)


Estou a um quase passo de admitir que a vida que levo é um pretexto para ofuscar a vida que não gostaria de ter. Vida como desculpa por existir. E o incrível é que eu não dou o passo. Fico tão imóvel que estar parada é o meu maior movimento. O mais violento. E não consigo sair exatamente daquele lugar onde todas as sensações ocorrem, justamente por estar tão grudada em mim é onde mais dói: na pele.