segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Feliz Ano Novo!



Não devo ficar triste enquanto existir uma Luz divina, um Céu sem nuvens e eu desfrutando de todas as belezas do Criador...

Quando estou amedrontada, me sentindo solitária ou até mesmo não feliz... posso sair a passear, fazer uma caminhada, ficar ao sol para ganhar energia... ÂNIMO E GENEROSIDADE e olhar o Céu lindo, a natureza que o Senhor me oferece...
Toda a SANTÍSSIMA TRINDADE está interessada em minha felicidade...
A beleza esplêndida da natureza e a simplicidade que a mesma me inspira me faz me sentir mais amena...
Sempre terei o Teu Consolo para toda e qualquer não alegria, independentemente de qualquer circunstância... acredito na força da natureza e no conforto que ela pode dar a todos os que sofremos por algo ou pela falta de alguém...
Olho sempre à janela e contemplo Deus e fico feliz de novo...
A felicidade interior que ganho de  Ti, a alegria de contemplar à natureza... me restitui a saúde e recaptura a minha felicidade...
Não almejo riqueza, prestígio, pois tudo pode ser perdido...
A felicidade, entretanto, Tu a pões em meu coração e estará sempre por cá, enquanto eu viver pois Tu és o Senhor da Bondade
Me fazes olhar para fora de mim, Senhor, começando por casas ao redor e pelo Céu que me rodeia...
Afastai o medo de mim, Pai!
Que o Novo Ano corra com fluidez (não rigidez) dentro de mim!



Em sua Mão o Senhor tem uma taça com um vinho de mistura inebriante.

(Sl 74)

Feliz Novo Ano a todos nós!

domingo, 30 de dezembro de 2012

Amar, Apesar de Tudo



Li um  livro lindíssimo no meu último silenciar no Mosteiro...
Amar, apesar de tudo (Jean- Yves Leloup)

Impasses amorosos de relacionamento, familiares, profissionais, espirituais...

Impasse ou beco: caminho (saída)...

O AMOR não podemos tomá-lo! Tudo o que podemos é oferecê-lo.

Amor

Quando nos lembramos de alguém nem sempre nos ocorre que esse alguém nos abençoou e crucificou, nos dilacerou e, ao mesmo tempo, nos proporcionou a maior felicidade... Gostaríamos de uma coisa sem a outra...

A vida é feita para morrer, a flor é feita para murchar, o amor é feito para passar...
Nós somos passantes...

Amar alguém é declarar-lhe: Você há de morrer! (há realidades que não morrem)...


sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Revisando o Amor e suas Ruínas



"Minha alma é um bolso onde guardo minhas memórias vivas.
Memórias vivas são aquelas que continuam presentes no corpo.
Uma vez lembradas, o corpo ri, chora, comove-se, dança..."

(Adélia Prado)




quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Amor






Por que ter um coração de pedra?
Sl 146 (147)
 Por que ter medo de amar?

Ternura.. amor... descontração... respirar profundamente... fluidez (não rigidez)... confiança... repor conceitos...

Não apresse o rio... ele corre sozinho...

Amar e compartilhar com alguém um banho de luz... um banho de consciência... um banho de compreensão...

A vida é feita de escolhas.
(Dalcides Biscalquin)

domingo, 23 de dezembro de 2012

Doar Amor Integral ao Invés de Migalhas



Ele está no volante.
Ela, no banco do passageiro.
O carro está parado no sinal vermelho.
A mente dele está divagando.
Ela está em silêncio, introspectiva.
De repente, ela dispara:
-Você me ama?
Para ele, a pergunta dela parece totalmente descabida para o momento. Nada tem a ver com a situação em que eles estão e nem com o que ele está pensando; é inapropriada para a  ocasião.
Então, com desinteresse, ele resmunga de modo robótico:
-Amo sim.
Mas a resposta não é suficiente para satisfazê-la, então ela insiste:
-Você me ama
Confuso, ele olha para ela e retruca:
-Eu já disse que sim
-Não foi isso que eu perguntei, replica ela.
Com uma mudança de estado de espírito, da necessidade branda, por um desejo intenso, ela o inquiriu de modo incisivo:
-Eu perguntei se você me ama?
Engatando a primeira e saindo rapidamente assim que o sinal abre, ele fala alto:
-Eu já disse que te amo, tá bom?
Ela  se encoleriza no banco e replica mais alto ainda:
-Só o que perguntei foi se você me ama e você já começa a gritar.
Ele não responde nada e nos vinte minutos seguintes paira entre os dois um silêncio carregado de tensão.
Por fim, não conseguindo mais suportar a situação, ele se vira para ela e diz:
-Amorzinho, me desculpe pela maneira como agi com você. Me perdoe. Acho que o diabo aprontou mais essa.

O diabo nada tem a ver com isso... o Problema é a surdez insensível que todos temos, aqui, no caso, a do marido...
Todos precisamos de afeição e atenção especial.

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Toques Suaves da Alma





Se a gente cresce com os golpes duros da vida, também se pode crescer com os toques suaves da ALMA.
Nada faz sentido neste mundo, se não tocamos o coração de uma pessoa.
(Cora Coralina)

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Cartas de Amor





Cartas de amor são escritas

Não para dar notícias

Não para contar nada

Mas para que mãos separadas

Se toquem ao tocarem a mesma

Folha de papel

(Rubem Alves)

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Amar no Infinito


O verbo no infinito

Ser criado, gerar-se, transformar
O amor em carne e a carne em amor; nascer
Respirar, e chorar, e adormecer
E se nutrir para poder chorar
Para poder nutrir-se; e despertar
Um dia à luz e ver, ao mundo e ouvir
E começar a amar e então sorrir
E então sorrir para poder chorar.
E crescer, e saber, e ser, e haver
E perder, e sofrer, e ter horror
De ser e amar, e se sentir maldito
E esquecer de tudo ao vir um novo amor
E viver esse amor até morrer
E ir conjugar o verbo no infinito…
(Vinicius de Moraes)

sábado, 15 de dezembro de 2012

Deus é Gáudio Pleno


DEUS É AMOR, TERNURA E GÁUDIO...

Como um enamorado lê uma carta da amada, assim deve ler a Escritura. A Bíblia foi escrita para você.
(Kierkegard)

ALEGRAI-VOS NO SENHOR.
(Fl 4, 4-7)

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Amor de Ninguém



A gente pode estar sozinha mesmo quando é amada por muitas pessoas, quando não é o único amor de ninguém.
(Anne Frank)

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

É Preciso Sofrer




É preciso sofrer depois de ter sofrido, e amar, e mais amar, depois de ter amado.
( João Guimarães Rosa )

domingo, 25 de novembro de 2012

A Guerra e o Amor




O amor é como a guerra; fácil de começar, e muito difícil de terminar.
( Ninon de Lenclos )

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

domingo, 18 de novembro de 2012

Evitar os Amigos



Evitai os amigos, companheiros ou parentes cuja companhia seja nociva à vossa serenidade ou à vossa evolução espiritual.

( Alexandra David-Néel )


quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Com um Grande Amor





Nesta vida não podemos realizar grandes coisas. Podemos apenas fazer pequenas coisas com um grande amor.
( Me. Teresa de Calcutá )


segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Somente o Amor




Somente o amor e a fé nos dão o sentido exato da vida e nos indicam o caminho certo a seguir.
( Frei Anselmo Fracasso )

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Saber Amar



Saiba amar na dor e aprenda a sofrer no amor. E assim, mesmo na dor, o amor será sempre fonte de alegria.
( Frei Anselmo Fracasso )

terça-feira, 6 de novembro de 2012

O que o Amor Pode





Onde há fé existe amor, onde há amor existe paz, onde há paz ali está Deus, e onde Deus está nada falta.
( Pe. José Alberto Orlovski )


sábado, 3 de novembro de 2012

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

O Amor da Mulher




Nenhum homem se aproxima, nem de longe, do amor e da compaixão de que uma mulher é capaz.
(Me.Teresa de Calcutá )

domingo, 28 de outubro de 2012

A Natureza Humana




A natureza humana, em sua essência mais profunda, consiste em amar.
( Guilherme de Saint-Thierry )

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Fazer Amor





Fazer amor é coisa séria demais…
Não basta um corpo e outro corpo, misturados num desejo insosso, desses que dão feito fome trivial, nascida da gula descuidada, aplacada sem zelo, sem composturas, sem respeito, atendendo exclusivamente a voracidade do apetite.
Fazer amor é percorrer as trilhas da alma, uma alma tateando outra alma, desvendando véus, descobrindo profundezas, penetrando nos escondidos, sem pressa com delicadeza… porque alma tem tessitura de cristal, deve ser tocada nas levezas, apalpada com amaciamentos…até que o corpo descubra cada uma das suas funções.
Quando a descoberta acontece é que o ato de amor começa.
As mãos deslizam sobre as curvas, como se tocando nuvens, a boca vai acordando e retirando gostos, provando os sabores, bebendo a seiva que jorra das nascentes escorrendo em dons, é o côncavo e o convexo em amorosa conjunção.
Fazer amor é Ressurreição !
É nascer de novo: no abraço
que aperta sem sufocamentos no beijo que cala a sede gritante,
na escalada dos degraus celestiais que levam ao gozo.
Vale chorar, vale gemer…vale gritar, porque aí já se chegou ao paraíso, e qualquer som ha de sair melódico e afinado, seja grave, agudo, pianinho… há de ser sempre o acorde faltante quando amantes iniciam o milagre do encontro.
Corpos se ajustaram, almas matizaram… Fez-se o Êxtase! É o instante da Paz… é a escritura da serenidade!
E os amantes em assunção pisam eternidades !
(Autor desconhecido)

terça-feira, 23 de outubro de 2012

domingo, 21 de outubro de 2012

O Verdadeiro Amor




O verdadeiro amor não se conhece por aquilo que exige, mas por aquilo que oferece.
( Jacinto Benavente )

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Pelo Amor




Pelo amor, o ser humano chega a ser pela graça o que Deus é por natureza.
( Papa Bento XVI )



quarta-feira, 17 de outubro de 2012

O Amor




O amor é a maior prova de que ninguém é completo em si mesmo.
( Luiz Carlos do Nascimento )


segunda-feira, 15 de outubro de 2012

O Corpo Humano e o Amor





Encontrei um paradoxo, que se você amar até doer, não poderá haver mais dor, somente amor.
( Teresa de Calcutá )




sábado, 13 de outubro de 2012

A Obrigação do Amor




A primeira obrigação do amor é ouvir.
( Paul Tillich )




Tenho aprendido que os melhores mestres são as crianças...

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Amar é:




Amar é dar e dar-se, é dar tudo em troca de nada para fazer o outro feliz.
(Frei Anselmo Fracasso)


terça-feira, 9 de outubro de 2012

Recomeça!




“Recria tua vida. Sempre, sempre. Remove pedras e planta roseiras e faz doces. Recomeça“. 
(Cora Coralina)





Aimer (Tradução)

Damien Sargue:

Amar é o que há de mais belo

Amar é subir tão alto

E tocar as asas dos pássaros

Amar é o que há de mais belo


Cecilia Cara:

Amar é roubar o tempo

Amar é permanecer vivo

E incendiar o coração de um vulcão

Amar é o que há de maior


Cecilia e Damien:

Amar é mais forte que tudo

Dar o melhor de nós

Amar é sentir seu coração

Amar para ter menos medo


Coral:

Amar é o que há de mais belo

Amar é subir tão alto

E tocar as asas dos pássaros

Amar é o que há de mais belo

Amar é roubar o tempo

Amar é permanecer vivo

E incendiar o coração de um vulcão

Amar é o que há de maior

É incendiar suas noites

É incendiar o som

É dar um sentido a sua vida


Amar é incendiar suas noites

Amar é o que há de mais belo

Amar é subir tão alto

É tocar a asas dos pássaros

Amar é o que há de mais belo

domingo, 7 de outubro de 2012

Orar e Amar




O ser humano tem um enorme dever: amar e orar. Se orares e se amares, terás encontrado a felicidade neste mundo.
( São João Maria Vianney )


sexta-feira, 5 de outubro de 2012

O Amor




O amor produz atração e comunhão, até o ponto em que se dá uma transformação e uma assimilação entre o sujeito que ama e o objeto amado.
(Papa Bento XVI )

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Se tu me Amas



“Se tu me amas,
ama-me baixinho.
Não o grites de cima dos telhados,
deixa em paz os passarinhos.
Deixa em paz a mim!
Se me queres,
enfim,
tem de ser bem devagarinho,
amada,
 que a vida é breve,
e o amor
mais breve ainda”.
(Mário Quintana)



sábado, 29 de setembro de 2012

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

2 anos de Blog - O Amor é Azul







Azul... o amor é azul
Se temos festa no coração
Azul... o amor é azul
Ao som das notas de uma canção

Também o amor é doce
Se eu me encontro nos braços teus
É doce... o amor é doce
Quando te aperto nos braços meus

Qual um rio
À correr pro mar
Corro sempre 
Pra poder te encontrar

Porém, o amor é cinza
Se tu estás distante de mim
Porque fico a pensar 
Que o nosso amor vai chegar ao fim

Cai, cai... a chuva cai
E um vento frio começa soprar
Enquanto a chuva cai
Meu coração te espera a chorar

Qual um rio
À correr pro mar
Corro sempre 
Pra poder te encontrar

Azul... o amor é azul 
Como o céu que brilha no teu olhar
Azul... o amor é azul
Sempre que posso tuas mãos afagar

Porém, o amor é louco
Igual ao meu 
E o teu também.

terça-feira, 25 de setembro de 2012

Tua Presença me Anima


                                            

Quando tudo parecer perdido,
Sem rumo,
Quando a noite escura ameaçar
A esperança,
Quando o desanimo me dominar,
O medo me abater,
A aragem me fugir,
A luz me cegar,
Quando na vida aparentemente
Mais nada importar,
Vou me lembrar de Ti,
E vou sorrir,
Pois é a Tua presença que anima!

Vou lembrar-me
Que o coração é feito para amar,
Acolher e partilhar,
Pois é nele que os sentimentos vibram.
É nele que se fortalecem nossos sonhos 
De felicidade.

Recordarei
Que não posso parar,
Pois parar é estagnar.
Ter medo é morrer.
E a vida é o colorido do 
Universo de nós!

Saberei
Que sonhar é viver.
É embalar a alma e os sentimentos.

Viverei
Com a tranqüilidade e a confiança
Que só o Teu amor nós dá!
( Delasnieve  Daspet   )

O Amor de Deus nos compensa... nos integra... nos faz imensamente felizes...





domingo, 23 de setembro de 2012

Que quer Dizer Amar?



Não só emoções, sentidos, atitude benevolente... mas sim ações concretas...
Orar pelos que nos perseguem...
Saudar os que não são os nossos irmãos na mesma fé...
Desejar-lhe a paz...
Fazer o bem...
Bendizer e orar...
Para Jesus: amar... benevolência ativa para com todos os homens em favor deles...
Busca do que lhes é bom deveria ser a nossa  oração a Deus...


sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Não Perca Tempo Comigo



Então, não perca seu tempo comigo.
Eu não sou um corpo que você achou na noite.
Eu não sou uma boca que precisa ser beijada por outra qualquer.
Eu não preciso do seu dinheiro. Muito menos do seu carro.
Mas, talvez, eu precise dos seus braços fortes.
Das suas mãos quentes. Do seu colo pra eu me deitar. Do seu conselho quando meu lado menina não souber o que fazer do meu futuro.
Eu não vou te pedir nada. Não vou te cobrar aquilo que você não pode me dar.
Mas uma coisa, eu exijo. Quando estiver comigo, seja todo você. Corpo e alma. Às vezes, mais alma. Às vezes, mais corpo.
Mas, por favor, não me apareça pela metade.
Não me venha com falsas promessas. Eu não me iludo com presentes caros. Não, eu não estou à venda. Eu não quero saber onde você mora. Desde que você saiba o caminho da minha casa. Eu não quero saber quanto você ganha.
Quero saber se ganha o dia quando está comigo...

(Caio Fernando Abreu)


segunda-feira, 17 de setembro de 2012

sábado, 15 de setembro de 2012

Amor





O amor não acaba, nós é que mudamos


Um homem e uma mulher vivem uma intensa relação de amor, e depois de alguns anos se separam, cada um vai em busca do próprio caminho, saem do raio de visão um do outro. Que fim levou aquele sentimento? O amor realmente acaba?
O que acaba são algumas de nossas expectativas e desejos, que são substituídos por outros no decorrer da vida. As pessoas não mudam na sua essência, mas mudam muito de sonhos, mudam de pontos de vista e de necessidades, principalmente de necessidades. O amor costuma ser amoldado à nossa carência de envolvimento afetivo, porém essa carência não é estática, ela se modifica à medida que vamos tendo novas experiências, à medida que vamos aprendendo com as dores, com os remorsos e com nossos erros todos. O amor se mantém o mesmo apenas para aqueles que se mantém os mesmos. 

Se nada muda dentro de você, o amor que você sente, ou que você sofre, também não muda.

O amor não acaba. O amor apenas sai do centro das nossas atenções. O tempo desenvolve nossas defesas, nos oferece outras possibilidades e a gente avança porque é da natureza humana avançar. Não é o sentimento que se esgota, somos nós que ficamos esgotados de sofrer, ou esgotados de esperar, ou esgotados de criar esperanças. Paixão termina, amor não.

Amor é aquilo que a gente deixa ocupar todos os nossos espaços, enquanto for vivo, e que transferimos para o quartinho dos fundos quando não funciona mais, mas que nunca expulsamos definitivamente de casa.

(Martha Medeiros)


quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Tomara!



Tomara que a gente não desista de ser quem é, por nada nem ninguém deste mundo. Que reconheça o poder do outro sem esquecer do nosso. Que as mentiras alheias não confundam as nossas verdades… Que mesmo quando estivermos doendo, não percamos nem o sonho, a idéia da alegria. Tomara que apesar dos apesares, a gente continue tendo valentia suficiente para não abrir mão de se sentir feliz.
(Caio Fernando Abreu)


terça-feira, 11 de setembro de 2012

Vai ter Amor




Oro a Deus não pedindo cargas mais leves, e sim ombros mais fortes. E tenho repetido que, no que depender de mim, me recuso a ser infeliz. As coisas vão dar certo. Vai ter amor, vai ter fé, vai ter paz – se não tiver, a gente inventa.

(Caio Fernando Abreu)



domingo, 9 de setembro de 2012

sexta-feira, 7 de setembro de 2012

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

A quem Você Ama?



"Se quiser conhecer uma pessoa,não pergunta o que pensa, mas sim o que ama"!
 (Santo Agostinho)


Eu o admiro desejando que ele fosse meu, mas ele não me vê dessa forma, e eu sei disso. 
Eu quero dizer a ele, eu quero que ele saiba que não quero que sejamos apenas amigos. 

Mas AMOR não se implora...

quarta-feira, 5 de setembro de 2012

A Instalação do Amor



A instalação do amor
Primeiro é a instalação da terra
Acomodada, sem nervuras, sem espera,
Deixa crescer a coisa daninha da solidão,
Vem à mão e enxuga os dedos nos grãos sólidos,
Arranca o ato sem gosto e cheiro
Fazendo buracos esperançados.

Depois é o mistérios do preparo:
Os olhos são fundamentais nesse trajeto
Eles medem  o cumprimento da empreitada,
Descansam, caminhos no percurso de chegada,
Lambem a terra pré orgástica
E passeiam curiosos pelos sortilégios do desejo.

Então vem a semeadura:
A festa acesa do corpo,
O baile generoso dos sentidos.
Bocas que ardem e mordem,
Mãos que procuram e acham,
Língua desabotoada de prazer,
Corações protegidos da dor
Comem todas as frutas do prazer.

Finalmente instalado
O amor desata e explode
Enche vazios, esmaga paredes,
Entope veias, faz outros veios.
E arregaça emoções por meio.
Tortura a simplicidade
Arrematando ordens e sentidos.

Assim, renova-se a vida!!!

Do livro:
À flor da pele (Antônio Gil Neto e Edson Gabriel Garcia)


terça-feira, 4 de setembro de 2012

Soneto da Felicidade





De tudo ao meu amor serei atento


Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto

Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento.

Quero vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou seu contentamento

E assim, quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama

Eu possa me dizer do amor (que tive):
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure.

(Vinícius de Moraes)