terça-feira, 13 de março de 2012

O Amor




Eu aprendi...
...que o AMOR, e não o TEMPO, é que cura todas as feridas...

(William Shaskespeare)




Tu queres que eu te esqueça de repente, 
que esqueça de repente os teus carinhos, 
eu que te venho amando aos bocadinhos, 
desde quanto te era indiferente! 
Deixa-me ir esquecendo lentamente, 
voltando aos poucos sobre os teus caminhos, 
arrancando um a um os teus espinhos, 
até ver uma estranha à minha frente. 


Dá-me um beijo de menos cada dia, 
inventando um pretexto que sorria, 
de maneira que eu saiba sem saber. 


Pois queres que eu te esqueça de repente, 
e nem sei se uma vida é suficiente 
para-mesmo aos pouquinhos- esquecer! 

(Giuseppe Ghiaroni) 


Nenhum comentário:

Postar um comentário