sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Encontrando o Amor



Poema

Encontraremos o amor depois que um de nós abandonar
os brinquedos.
Encontraremos o amor depois que nos tivermos despedido
E caminharmos separados pelos caminhos.
Então ele passará por nós,
E terá a figura de um velho trôpego,
Ou mesmo de um cão abandonado,

O amor é uma iluminação, e está em nós, contido em nós,
E são sinais indiferentes e próximos que os acordam do
seu sono subitamente.
(Augusto Frederico Schmidt)

Um comentário:

  1. Que belíssimo poema.
    E...
    Senhor...quantas vezes tenho chamado por socorro e sem perceber tu respondes da forma mais simples. Por isso hoje não venho te pedir por mim mas por quem está lendo essa mensagem. Proteja e livre-a de todo mal, tome-a em seus braços e leve paz ao seu coração porque para mim é uma das pessoas que mais quero ver feliz. Amém!!!
    Tenha um final de semana feliz e abençoado.
    Bjokas...da Bia!!!
    http://pequenosgrandespensantes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir