quarta-feira, 31 de outubro de 2012

O Amor da Mulher




Nenhum homem se aproxima, nem de longe, do amor e da compaixão de que uma mulher é capaz.
(Me.Teresa de Calcutá )

domingo, 28 de outubro de 2012

A Natureza Humana




A natureza humana, em sua essência mais profunda, consiste em amar.
( Guilherme de Saint-Thierry )

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Fazer Amor





Fazer amor é coisa séria demais…
Não basta um corpo e outro corpo, misturados num desejo insosso, desses que dão feito fome trivial, nascida da gula descuidada, aplacada sem zelo, sem composturas, sem respeito, atendendo exclusivamente a voracidade do apetite.
Fazer amor é percorrer as trilhas da alma, uma alma tateando outra alma, desvendando véus, descobrindo profundezas, penetrando nos escondidos, sem pressa com delicadeza… porque alma tem tessitura de cristal, deve ser tocada nas levezas, apalpada com amaciamentos…até que o corpo descubra cada uma das suas funções.
Quando a descoberta acontece é que o ato de amor começa.
As mãos deslizam sobre as curvas, como se tocando nuvens, a boca vai acordando e retirando gostos, provando os sabores, bebendo a seiva que jorra das nascentes escorrendo em dons, é o côncavo e o convexo em amorosa conjunção.
Fazer amor é Ressurreição !
É nascer de novo: no abraço
que aperta sem sufocamentos no beijo que cala a sede gritante,
na escalada dos degraus celestiais que levam ao gozo.
Vale chorar, vale gemer…vale gritar, porque aí já se chegou ao paraíso, e qualquer som ha de sair melódico e afinado, seja grave, agudo, pianinho… há de ser sempre o acorde faltante quando amantes iniciam o milagre do encontro.
Corpos se ajustaram, almas matizaram… Fez-se o Êxtase! É o instante da Paz… é a escritura da serenidade!
E os amantes em assunção pisam eternidades !
(Autor desconhecido)

terça-feira, 23 de outubro de 2012

domingo, 21 de outubro de 2012

O Verdadeiro Amor




O verdadeiro amor não se conhece por aquilo que exige, mas por aquilo que oferece.
( Jacinto Benavente )

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Pelo Amor




Pelo amor, o ser humano chega a ser pela graça o que Deus é por natureza.
( Papa Bento XVI )



quarta-feira, 17 de outubro de 2012

O Amor




O amor é a maior prova de que ninguém é completo em si mesmo.
( Luiz Carlos do Nascimento )


segunda-feira, 15 de outubro de 2012

O Corpo Humano e o Amor





Encontrei um paradoxo, que se você amar até doer, não poderá haver mais dor, somente amor.
( Teresa de Calcutá )




sábado, 13 de outubro de 2012

A Obrigação do Amor




A primeira obrigação do amor é ouvir.
( Paul Tillich )




Tenho aprendido que os melhores mestres são as crianças...

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Amar é:




Amar é dar e dar-se, é dar tudo em troca de nada para fazer o outro feliz.
(Frei Anselmo Fracasso)


terça-feira, 9 de outubro de 2012

Recomeça!




“Recria tua vida. Sempre, sempre. Remove pedras e planta roseiras e faz doces. Recomeça“. 
(Cora Coralina)





Aimer (Tradução)

Damien Sargue:

Amar é o que há de mais belo

Amar é subir tão alto

E tocar as asas dos pássaros

Amar é o que há de mais belo


Cecilia Cara:

Amar é roubar o tempo

Amar é permanecer vivo

E incendiar o coração de um vulcão

Amar é o que há de maior


Cecilia e Damien:

Amar é mais forte que tudo

Dar o melhor de nós

Amar é sentir seu coração

Amar para ter menos medo


Coral:

Amar é o que há de mais belo

Amar é subir tão alto

E tocar as asas dos pássaros

Amar é o que há de mais belo

Amar é roubar o tempo

Amar é permanecer vivo

E incendiar o coração de um vulcão

Amar é o que há de maior

É incendiar suas noites

É incendiar o som

É dar um sentido a sua vida


Amar é incendiar suas noites

Amar é o que há de mais belo

Amar é subir tão alto

É tocar a asas dos pássaros

Amar é o que há de mais belo

domingo, 7 de outubro de 2012

Orar e Amar




O ser humano tem um enorme dever: amar e orar. Se orares e se amares, terás encontrado a felicidade neste mundo.
( São João Maria Vianney )


sexta-feira, 5 de outubro de 2012

O Amor




O amor produz atração e comunhão, até o ponto em que se dá uma transformação e uma assimilação entre o sujeito que ama e o objeto amado.
(Papa Bento XVI )

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Se tu me Amas



“Se tu me amas,
ama-me baixinho.
Não o grites de cima dos telhados,
deixa em paz os passarinhos.
Deixa em paz a mim!
Se me queres,
enfim,
tem de ser bem devagarinho,
amada,
 que a vida é breve,
e o amor
mais breve ainda”.
(Mário Quintana)