quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Tarde te Amei


Amor

TARDE TE AMEI

(Maria Rosa Guerrini)

Todos na vida temos necessidade de alguém que nos ajude a encontrar com nossas experiências  humanas.
Todos na vida temos necessidade de alguém que nos indique o caminho para encontrar nosso eu mais verdadeiro.
Todos na vida temos necessidade de alguém que nos preceda nos estupendos e árduos caminhos de Deus.

Eu amava a verdade, não gostava de ser enganada, era sensível à amizade, fugia do sofrimento e também das humilhações...
Não amava ainda
Mas desejava amar
Procurava algo em que
Extravasar o meu amor

“AMAR E SER AMADA
ERA P’RA MIM UMA DOCURA”

De agora em diante
Só a Ti hei de amar,
Só a Ti hei de seguir,
Só a Ti hei de procurar...



O que amo quando te amo???
Amo certa voz... certo  perfume... certo abraço...
Que são LUZ...
Que mora em mim...  onde brilha pela mina alma uma  luz que nenhum espaço contém... onde ressoa uma voz que o tempo não destrói... de onde exala um perfume que nenhum vento pode dispensar... onde experimento um sabor que nenhuma fome pode diminuir... saciedade pode desfazer...
Eis o que amo, quando amo o meu amor...
“De agora em diante
Só a Ti hei de amar...
Só a Ti hei de seguir...
Só a  Ti hei de procurar…..

Que eu me conheça!
Que eu Te conheça!”
(Santo Agostinho)

Quem anda sempre no Amor não cansa nem se cansa...

Tu me transpassaste o coração
E eu Te amei...

Eu não sabia
Que a razão precisa
Ser iluminada
Por outra Luz
Pois ela própria
Não é a verdade...

No entanto, estavas mais dentro de mim que minha parte mais íntima.
(Santo Agostinho)

Fui seduzida e sou sedutora...

Meu coração foi atingido por Ti como por um raio...
Então comecei a Te amar...

O Céu e a Terra
E todo o que neles existe
Dizem-me para eu Te amar...

Foi a oração de muitos amigos
Que fez de nossas almas
Uma só alma
E dos nossos corações
Um só coração...

É como o Orvalho
Do Hermon que desde
Sobre as montanhas do Sião...

Eis que a Tua voz é a minha alegria... a Tua voz está para mim... acima de qualquer outro prazer...
Não descuides do meu amor sedento...
Possa eu inebriar-me de Ti...


Um comentário:

  1. Oi, Orvalho do Céu!

    Tudo o que é feito com amor, nada é, em demasia.
    Amar, em verdade, é a solução para os males do mundo.

    Sempre que acedo a seus blogs, me pedem nome de utilizador e palavra passe, que não tenho fornecido. Por que sucede isso? Sabe, querida colega e amiga?

    Bom fim de semana.
    Beijos da Luz.

    Luzes e Luares - Novo post. Obrigada!

    ResponderExcluir