sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Fogo que não Queima


O fogo não queima o fogo.

(Mestre Eckhart)


Realmente, havendo amor, a distância um dia se reduz e acaba por deixar de existir, como para nós. 

Daqui a menos de um mês, estaremos, se Deus quiser, unidos para sempre e até que a morte nos separe. 
Recorda-se do pedacinho: (Ouço a música "Creia", são três horas da madrugada?). O verdadeiro amor é todo dedicação, carinho terno. 
"Ah! os saculejos da maré."
"O mar nos impregnou de tanta influência; Anchieta, água de coco... "
O amor pede muito segredinho; por isso, "basta refletir no semblante feliz as alegrias do coração."
Eis o trechinho chocante para meus futuros sogros: "Em que me proponho a, na qualidade de marido, continuar a obra que os senhores tiveram a sublime felicidade de iniciar."
É... A vida é isso mesmo.
Abril chegou, fazendo florir seu coração e você diz: 
"Alegria contagiante apoderou-se de mim; quando, numa tarde de Abril, dia 9, preparava-me para viajar até a nossa capital, recebi suas longas linhas, as quais deixavam minha alma em metamorfose."

(Continua...)

Nenhum comentário:

Postar um comentário