sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Amar é Servir


Amor
Santo Agostinho: A humildade é o único cimento com suficiente profundidade como para suster o alto edifício do amor.
Amar é perdoar sempre.
Amar é respeitar o outro e ajudar-lhe a crescer e desenrolar-se como pessoa.
O termômetro do amor: nossa capacidade de sofrer pela pessoa amada.
Amar é esquecer-se de si para pensar na felicidade do outro.
Amar é caminhar os dois juntos na mesma direção.
Sempre que haja um oco na tua vida, enchê-lo de amor.
Amar é acreditar noutro.
Amar é dizer sempre a verdade.
O amor e a verdade não vão sempre unidos.
O amor se alegra com a verdade.
(1 Cor 13,6)
Amar é servir
O amor não tem horário fixo. Tem que estar sempre disponível para que ele nos necessite.


Dei agora com a cartinha escrita á Madre Esther. 

Eis um pedacinho dela: "Darei a melhor guarida possível a elas e jamais esquecerei da sublime amizade que fiando na Providência Divina, desejo ver um dia tão alvinha e feliz quanto as gaivotas, cuja guarda me foi confiada como um presente do céu."
Aquela carta também ajudou muito a nossa trajetória, não foi, Maria?
Ao voltar , minha Maria, de um retiro espiritual, disse-me, de coração puro e feliz: "Em Anchieta, como em qualquer lugar, a natureza nos ajuda a meditar maravilhas sobre a grandeza de Deus."
Ah! querida, aqueles arvoredos de copa avermelhada (Flamboyant), aqueles coqueiros balançando os leques à brisa; aquelas praias... tudo nos enche a alma de saudade. Não queria esquecer-me daquela esperança, bonita esperança, surgida de repente no momento em que eu pisava os degraus da varanda de sua casa, pela primeira vez.
E você me lembra nesta passagem: "Ah! aquela esperança nos deu grande estímulo; ela chegou em boa hora, não foi? É bom, sei que é muito bom mesmo, recordar momentos como esses, minha querida 
Maria. "
Nossas vidas têm qualquer coisa de notável, meu amor.
Nosso automóvel vai deslizando estrada afora, estrada seca e asfaltada, velocidade razoável e chegamos a uma parada; tanto definir o amor: "Amar é sentir qualquer coisa quase indefinível que nos atormenta profundamente."
Durante o lanche me recordei tempos atrás de nossos pensamentos: "Você é a sentinela da mente de José e ele agradece as orações que tem dirigido a nosso Senhor pelo amor divino que se enraíza entre você e ele."
Seu querido tem-se pegado nestas linhas numa só finalidade: deixar gravado com linhas douradas o grande e profundo amor por nós e que passamos através do tempo.
Ele é talvez das mais justas coisas existentes para o homem no mundo.
E meu encanto diz: "Querido José, como a água reflete a imagem, o coração reflete o homem."
Um dia apostamos quem amaria mais o outro.
Você parece não ter gostado e escreve-me: "Cuidado com a aposta! Não quero ganhar, mas sim, ficar em empate com você. Você deverá desejar da mesma forma, o que ficará um jogo serão nossos corações. Com o empate, você ficará com o  meu e eu,com o seu.
Não é maravilhoso?"


(Continua)...

Um comentário:

  1. Parabéns, encontrei aqui lindas poesias e mensagens.

    Abraço

    ResponderExcluir