sábado, 30 de novembro de 2013

Tu és o meu Amor




O amor não sente peso e nem mede esforços, ama e pronto, nada acha impossível, pois tudo lhe é possível e parece lícito. Tudo consegue, realiza e leva à perfeição. O amor está sempre desperto, ainda que o amante falhe, não o pressiona, se temeroso, não se assusta, com a pequena chama que reacende a brasa e a sustenta. Só quem ama sabe o que é amar. Grande peso tem aos ouvidos de Deus o clamor de quem diz: Deus meu Deus, Tu és o meu amor, sou todo teu, e Tu és todo meu.

(Imitação de Cristo)

Acho que, de fato, você é o que procuro, tudo farei para vê-la muito feliz. 
"Fiquei emocionado ao despedir-me de seu pai e de você."
"Sim, ele voltará com todo o coração a transbordar de saudades."
Alimentada das reminiscências do passado, fico horas a meditar naquele tríduo que encerrou com chave de ouro o inesquecível Maio de 1960.
"O amor transpõe muralhas."
O Divino Espírito Santo será o nosso guia.
"O pessoal daqui teve ótima impressão do meu futuro José."
Foi e é muito bonito reler isso, querida Maria.
Gostei bem da sua poesia, aliás, a única até hoje.
Mais tarde:
"Agora só me resta lutar até que tudo fique consumado."
"O amor é uma maravilha!"
Como me sinto bem!".
Disse-me, certo dia, antes de lhe fazer a segunda visita.
Sinto muita saudade de meu querido amor. 
Vamos revendo mais pedacinhos de nossos corações chorosos.
"Deus sendo nossa bússola, chegaremos todos ao mesmo porto que é o céu."
São frases deste quilate, minha querida Maria, as estimuladoras de nosso grande amor,.
Estamos engrenando os últimos parafusos da ventura pela vida afora.
Atravesso momentos de inteira felicidade, ao reler suas deliciosas cartinhas.
Preciso comentar qualquer coisa, mas caio no enlevo de suas prodigiosas palavras e lá se vão os minutos.

(continua)...

sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Eu te Amo




Canibalizar emoções
O remédio que precisava: respostas capazes de levá-los a minimizar sua portentosa ansiedade, e arquitetar as águas agitadas das emoções.
Podemos fugir do mundo mas não da fantasia da nossa mente.

Obrigado por existir e invadir minha história. Eu te amo.

(O Colecionador de Lágrimas- Augusto Cury)



"Minha vocação é para o matrimônio, nesta procurarei encontrar felicidade e fazer "alguém feliz."
Sua singeleza me comoveu a alma. Humildade, beleza de alma e tudo o que se pode esperar da maior parte das moças congregadas, não é, meu amor?
"Nunca ambicionei riquezas, mas um homem digno do sol que o ilumina."
Que coisa linda, Maria!
Assim vamos rememorando nossos momentos.
"... meu amorzinho, neste momento vejo a carta mais importante de todas, acho. A em que me defini decisivamente.
A terceira. Joguei meu coração nessa correspondência.
"Não falo aqui senão do amor predestinado e verdadeiro."
Quem nos dirá o que contém o primeiro olhar de amor..."
"Eu desejo dar um passo certo porque julgo haver encontrado a pessoa que me pode completar."
Mais do que nunca, nesta fase de nosso amor, tenho a ideia acima concretizada.
"Casamento não é brincadeira".
Só um amor fino, delicado e profundo, pode subjugar a crise atual, o custo de vida; e você também sentiu de seu lado.
Apresento um trecho já perfeitamente concreto: "nossas anteriores perspectivas hão de se reafirmar surpreendentemente e quanto mais formos vivendo, mais irá aumentando o nosso amor..."
E a célebre frase: "Só para o amor não há distâncias."


(Continua)

sábado, 23 de novembro de 2013

Potência Unificadora


Amor
O amor não é sentimental nem emoção transitória.
É uma atenção ao outro, que se torna, paulatinamente, engajamento, reconhecimento e pertença mútua. Consiste em escutar o outro, colocar-se em seu lugar, compreendê-lo. É uma potência unificadora.

(Jean Vanier)


Aqui está a revelação:

"Maria, uma estrela sem brilho, ofuscava, pois, achava-se sem luz e passou o dia todo escondida em seu quarto, entre quatro paredes..."
Eis a sua história mensal... 
Não havia perguntado nada.
"Maio se despede e eu cada dia mais ansiosa que chegue ao fim... este fim será um começo maravilhoso para nós."
São trechos assim que estimulam. 
Muito bem!
Tivemos em nosso caminho, de sentir a força de períodos como este: "José, o verdadeiro amor é luminoso como a aurora e silencioso como o túmulo."
Quando me lembro da imensa luta, das dificuldades, das reticências e de tudo o mais. Dou "ufas".
 Espero merecermos muita felicidade como prêmio.
Nosso romance se desenrola. 
"Não há palavras capazes de expressar a satisfação que encontrei em seu lar."
Depois de ter feito minha primeira visita, disse-lhe:
"Gosto de você como você é, Maria, sem tirar nem, por."


(Continua)...

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Eu Quero Viver!



Amor

(Hölderlin)
Por isso, a vós, imortais, quero também dar graças.
E que do jeito aliviado surja de novo a oração do poeta.
E, como quando estava com eles
Erguido na ensolarada altura,
Reanimando-me, de dentro de seu templo, me fala:

Então, quero viver! Os campos já verdejaram!



E o tempo vai passando; chega o período da realidade.

Estava próximo de minha primeira visita.
"Mandarei esperá-lo no ponto do ônibus; talvez me encontre em minha paupérrima escola."
Esse fato, mais tarde se concretizou e trago especial lembrança, meu bem.
Adiante, diz-me:
"Aguardando sua presença em breve; envio-lhe um abraço, unindo os nossos sentimentos."
Muito obrigado, meu amor.
Um dia disse-lhe: "de que adianta máscara se cérebro não há?
Logo, só a verdade ficará de pé."
Como você analisa, meu amor, era sincero.
"As coisas de maior valor na vida são as mais difíceis de se alcançarem."
É sempre bom recordar... Veja:
"Nossa união constitui meu maior problema, tudo o mais se ofusca diante dessas grandezas que não desejo esconder."
Outro trechinho muito agradável e oportuno:
"Quero fazer de suas páginas um livro para que nunca tenham fim."


(Continua)...

domingo, 17 de novembro de 2013

Foi Como um Sonho


Amor
E dos montes prateados de Apolo chega–me um apelo.
Como de uma lira sagrada...
Vem? Foi como um sonho!
Pois já sangrentas, e rejuvenescidas vivem todas as esperanças.

É muito encontrar o grande, muito ainda resta, e quem assim amou deve seguir pela rota que aos deuses leva.



Meu sofrimento diminuiu um pouco neste passe: "Depois de meditações, conselhos, ideias, opiniões, decidi-me e espero; tenho fé em jamais arrepender-me."

Creio não haver nenhuma sombra de dúvida em nossos pensamentos.
Seria muito triste se tivéssemos deixado alguns pormenores para acertar tão perto de nosso casamento.
Estou confiante, feliz, esperançoso e convicto em nosso futuro.
Fiz remate duma carta muito séria.
Mais alguns momentos suscitando esclarecimentos, isto naquela fase da nossa vida: "Não esconda alguma coisa de mim. Quero ser e fazê-lo feliz, no grau superlativo."
Sempre fui verdadeiro, parece incrível.
Cartas e mais cartas.
Dúvidas e mais dúvidas.
Hoje, creio, todas dissipadas.
Sempre soube honrar o nosso grande amor, desde o princípio sempre fui o mesmo.
Mudou apenas o que devia mudar.
A família é de fato uma grande responsabilidade.
Se há algum desejo bem vivo dentro de seu Zé é o de ser um bom marido para você.
Seus conselhos terão boa acolhida. 
Assim é que deve ser, mesmo.


(Continua)...

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

O Objeto Amado



Aquele que anseia por Deus com todo o coração, certamente, já tem Aquele a quem ama.
(S.Gregório)

Estou diante doutra missiva. Deparei com esta revelação: "Comecei, pela primeira vez a amar..." agora tenho um ponto fixo: você, José. Meu amor, (necessito chamá-lo assim)."
Como foi e é doce essa frase.
Também senti, naquela época, necessidade de tratá-la desse modo tão sublime.
Apenas retardei.
"Estou satisfeitíssima e esperançosa que chegue o final de Maio (meu mês predileto) para recebê-lo, se for da vontade de Deus, aqui em meu lar."
Podemos aquilatar muito bem que só a vontade de Deus poderia ter consentido em chegarmos até onde estamos. 
Dentro de dias seremos casadinhos, pela Vontade de Quem, até agora, tem permitido.
Reina grande alegria neste seu noivo. 
Há muito de importante em todas as suas cartinhas, querida.
Por exemplo: "Cheguei a concluir que não é possível a um homem desejoso de iludir alguém, usar o seu método.
Existem outros próprios."
Fiquei consolado nessa ocasião.
Temos um passado aprovado pelas nossas lutas interiores.
A esta altura, já estou sentindo a influência do padre Luís em nosso amor.
"Felicidade não se compra."
Uma das maiores verdades.

(Continua)...


segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Anseio do Amor




No anseio pelo amor já está o amor.

(Saint Exupèry)



Leio agora uma carta muito duvidosa, porém, merecedora de toda a minha estima. O seu medo em decidir-se; o seu desejo de subir ao altar; ser noiva, usar o véu e grinalda e receber a bênção de Deus para, então, constituir com seu marido mais um lar cristão. Muito bem, querida Maria, esse gosto, graças a Deus, não demorará muito, está por dias. E vem então o um período importante: "Confesso que o melhor presente que meu futuro esposo poderá oferecer-me é a delicadeza, a compreensão". 

Pergunto-lhe, minha querida noiva: que acha dessas duas qualidades em mim?
Você espera de mim esse presente?
Mais adiante, discorrendo, mas, ainda não concretizaram bem o fato.
"Eles não se cansam de aconselhar-me."
"Minha filha (Que lindo!), pela carta dele, pelos sentimentos expressos em carta, ele é um bom rapaz, mas vamos esperar outras provas."
Querida Maria, quem usa de sinceridade, pensa sempre já haver dado tudo, em determinadas situações, entretanto, há recursos imensos nas boas almas.
Você me pôs entre a "cruz e a espada" e eu me esforcei até que você passou a acreditar.
Com sofri para provar...
Acho que estou tentando provar até hoje.
O nosso enlace tirará as dúvidas?
Certamente!
Sua cartinha terminou lindamente: "e cada dia que o crepúsculo da noite chegar, sintamos mais próxima a nossa felicidade."
Bravo!

(Continua)

sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Fogo que não Queima


O fogo não queima o fogo.

(Mestre Eckhart)


Realmente, havendo amor, a distância um dia se reduz e acaba por deixar de existir, como para nós. 

Daqui a menos de um mês, estaremos, se Deus quiser, unidos para sempre e até que a morte nos separe. 
Recorda-se do pedacinho: (Ouço a música "Creia", são três horas da madrugada?). O verdadeiro amor é todo dedicação, carinho terno. 
"Ah! os saculejos da maré."
"O mar nos impregnou de tanta influência; Anchieta, água de coco... "
O amor pede muito segredinho; por isso, "basta refletir no semblante feliz as alegrias do coração."
Eis o trechinho chocante para meus futuros sogros: "Em que me proponho a, na qualidade de marido, continuar a obra que os senhores tiveram a sublime felicidade de iniciar."
É... A vida é isso mesmo.
Abril chegou, fazendo florir seu coração e você diz: 
"Alegria contagiante apoderou-se de mim; quando, numa tarde de Abril, dia 9, preparava-me para viajar até a nossa capital, recebi suas longas linhas, as quais deixavam minha alma em metamorfose."

(Continua...)

terça-feira, 5 de novembro de 2013

Espírito de Amor





Tenho sede de ver circular, livremente, o Espírito de Amor...

(Jo 19, 28)

Com que paixão deixei cair ao papel estas palavras:

"A preciosidade de meu tempo deixaria de existir no momento em que me recusasse a partilhá-lo com pessoas como você, Maria."
"Eu senti, Maria, seus olhos se iluminarem com a minha presença."
Houve, querida, certo enlevo daqueles momentos de viagem.
Nossos olhares se comunicaram verdadeiramente, embora você depois quisesse contradizer evitando confirmar em minhas primeiras visitas.
"Sua missiva chegou-me às mãos no dia 2, um dia plúmbeo em que o crepúsculo caiu  melancólico".
Quando me lembro desse dia, querida noiva, sinto um mar de alegrias dentro de mim. Aí estão as primeiras impressões de nosso íntimo. Um grande amor nascia vigorosamente, graças a Deus!
"uma onda tumultuosa de sentimentos... se apoderaram de mim"... "a voz de meu pai ecoou: Maria, aqui tem uma encomenda sua, vinda do Rio de Janeiro."
Faço ideia de meu amor naquele "sublime momento"... Os toques do sino lhe foram anunciar um futuro risonho, querida Maria: assim é que seu Zé desejava.
Tudo de suas mãos me enchem de felicidade o coração.
"Sinceramente, José, fiquei e continuo enlevada com tudo o que recebi de suas artísticas mãos."
Quem agradece sou eu, querida: muito obrigado.
Grande revelação de seu caráter está contido aqui: "Tenho medo de amar alguém que não pensa em dar-me o futuro que desejo: ficando assim apenas alimentada por esperanças que jamais honrarão o verde de que se revestem."
Agora meu amor sabe perfeitamente que as aparências não enganaram e deve estar muito feliz pelo grande dia a aproximar-se.
Devagar se vai ao longe mesmo, amor: estamos quase chegando ao ponto, avistado, faz tempo, de bem longe.
"Papai foi o primeiro a desfrutar o livro enviado."
Como foi boa a curiosidade do papai!
A mamãe, muito curiosa e já assustada com o futuro da filha.
Sua segunda comunicação já dizia bem o que iria ser o nosso romance.
Em três de Março, dizia-lhe: "Faz justamente um mês e tudo foi apenas uns poucos minutos."
Veja outra frase importante: "Deus tenha sido a nossa bússola."
"Este ano pretendo estudar muito, isto será possível?"
Não foi possível, mas ficou muito enriquecido o nosso amor.
Não podemos viver sem amor; viver na acepção da palavra.
Guardo esta esperança agora para depois de casado.
A espera de continuar os estudos. 
Sei que terei em minha futura esposa um estímulo, pois, Maria reconhece o valor da cultura. 
Mais tarde, noutra cartinha deliciosa, você deu provas patentes de que já me amava: "Sim, mas... se esses minutos pudessem ser elevados à milésima potência!... Como eu seria feliz!"
Fiquei entusiasmado com a revelação e nosso amor rendeu, rendeu, rendeu.

(Continua)