quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Apogeu do Amor


"Passo o tempo a meditar em nosso dois sozinhos, como marido e mulher. 
Mais um dia se finda e o nosso amor se aproximando do apogeu.
"Estou com vontade de manobrar com tudo o que tem adquirido para o nosso conforto.
Coitado, que poderei fazer daqui em prol de um feliz sono para o meu amor?
Quando casados, niná-lo-ei com carinhos. 
Que tal? 
Aposto quo meu amor contra o seu que você vai adorar as nossas noites de insônia..."
"Sei que me adaptarei como sua esposa fiel e amada. Sob o mesmo teto, sobre a mesma... seremos felizes, vivendo a lei natural que Deus desenhou para seus filhos.
Não me impressiono com a vida de casada. 
Sei com quem irei viver; um marido "cem por cento". 
Muito obrigado, sim, querida?
"Sinto desejo de abraçá-la; senti-la profundamente..."
Também já é tempo, hein?
"Esse desejo é necessidade, é natural."
"O pensamento de fundar um lar com você enche-me de felicidade."

(continua)...

Nenhum comentário:

Postar um comentário