sexta-feira, 24 de julho de 2015

Canto de Louvor ao Amor


Onde está o tempo em que vínheis a mim
Como o vosso amor exaltáveis minha fé
Com vossa força para que eu não cedesse
Me dáveis proteção e reconforto
Eu estava em paz como um navio no porto
Tua voz dizia,  Senhor, tomai minha alma
Ela vos pertence – fora de vós nada a encanta
Fechai meus  olhos a qualquer outra beleza
Cantemos logo o epitalâmio
Um canto de amor por toda a eternidade.

segunda-feira, 20 de julho de 2015

Louvor à Esposa




Tua face é tão suave em minhas mãos
É jovem, é delicada, é frágil
Querida face sensível que se emociona, e treme
Como a erva do campo.
Tua voz, ó bem amada, é a primavera e que canta
Ó grande amor que docemente, se aproxima
É um bálsamo que se espalha, o incenso que sobe.

Teu coração é uma hóstia ofertada ao império
Do Bem essencial
O Tabernáculo ardente das minhas beatitudes,
Um lago de frescor no deserto.

É um astro de fogo e de chamas,
No céu leve e sereno de tua carne
É um hino de suspiros e de lágrimas
Um vergel, um jardim puro e claro.

Teu espírito – aos pés da Sabedoria
Se instrui cada dia humildemente
Conhece-lhe os segredos, os abismos,
O gosto da vinha e do trigo.

Não digas que o amor é cego, ele tem os olhos do Eterno
Não temas seu olhar criado, a  juventude da águia.
Revive  ao céu.

O Deus dos corações – apagados amor
A poeira e as marcas do tempo
E te levar sem ruga e sem mancha, do amor
Ao Amor sem declínio.



quinta-feira, 9 de julho de 2015

Abrir Janelas Para o Amor


A vida me ensinou..."A dizer adeus às pessoas que amo, sem tirá-las do meu coração;Sorrir às pessoas que não gostam de mim,
Para mostrá-las que sou diferente do que elas pensam;
Calar-me para ouvir; aprender com meus erros.
Afinal eu posso ser sempre melhor.
A lutar contra as injustiças; sorrir quando o que mais desejo é gritar todas as minhas dores para o mundo.
A ser forte quando os que amo estão com problemas;
Ser carinhoso com todos que precisam do meu carinho;
Ouvir a todos que só precisam desabafar;
Amar aos que me machucam ou querem fazer de mim depósito de suas frustrações e desafetos;
Perdoar incondicionalmente, pois já precisei desse perdão;
Amar incondicionalmente, pois também preciso desse amor;
A alegrar a quem precisa;
A pedir perdão;
A sonhar acordado;
A acordar para a realidade (sempre que fosse necessário);
A aproveitar cada instante de felicidade;
A chorar de saudade sem vergonha de demonstrar;
Me ensinou a ter olhos para "ver e ouvir estrelas",
embora nem sempre consiga entendê-las;
A ver o encanto do pôr-do-sol;
A sentir a dor do adeus e do que se acaba, sempre lutando para preservar tudo o que é importante para a felicidade do meu ser;
A abrir minhas janelas para o amor;
A não temer o futuro;
Me ensinou e está me ensinando a aproveitar o presente,
como um presente que da vida recebi, e usá-lo como um diamante que eu mesmo tenha que lapidar, lhe dando forma da maneira que eu escolher."
(Charles Chaplin)


Sutileza do Amor


O amor é a força mais sutil do mundo.
(Gandhi)

quinta-feira, 2 de julho de 2015

Sobrevivência do Amor


Você sabe que alguém te ama não pelo que ele fala mas pelo que faz. O amor não sobrevive de teoria.
(Pe. Fábio de Melo)