quarta-feira, 30 de setembro de 2015

De coração Te Agradeço (II)



Em mim, o mais pobre pecador
Esbanjas tuas riquezas de anos
As tuas bênçãos celestes
Fizeste-me tão rico assim.
Os céus trouxeste para mim!

De coração Te agradeço.

sábado, 26 de setembro de 2015

5 Anos do blog

(Foto da filha, genro e netinhos, eu que tirei, são quase 10 anos de união...)

O caminho que eu escolhi é o do amor. 
Não importam as dores, as angústias, nem as decepções que eu vou ter que encarar. 
Escolhi ser verdadeira. 
No meu caminho, o abraço é apertado, o aperto de mão é sincero, por isso não estranhe a minha maneira de sorrir, de te desejar o bem. 
É só assim que eu enxergo a vida, e é só assim que eu acredito que valha a pena viver...
(Clarice Lispector)


quarta-feira, 23 de setembro de 2015

De coração Te agradeço! (I)



Jesus, ó meu Cordeiro de Deus,
Meu mais querido Noivo dos céus,
De coração, Te amo.
Fizeste-me tão rico assim,
Os céus trouxeste para mim!
De coração Te agradeço.

Quem é igual a Ti, Senhor?
Meu coração Te presta louvor.

Tu és incomparável!

Fizeste-me tão rico assim
Os céus trouxeste para mim

De coração Te agradeço.

terça-feira, 22 de setembro de 2015

quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Considerações Sobre o Amor (II)



(Beatriece de Nazareth)

É uma vida de grandes labores aquela que a alma repele toda consolação e não admite trégua alguma em sua busca. O Amor a chamou e conduziu, mostrou-lhe seus caminhos nos quais ela se manteve fielmente em duras penas, em penosos trabalhos, com ardente langor e poderosos desejos, com grande paciência e grande impaciência, nas doçuras, nas dores e  muitas contusões, na busca e na prece, na pobreza e na pose, na escalada e na incerteza, na perseguição e no abraço, na  necessidade  e na inquietude, na angústia e na preocupação, na febre mortal, na fé pura e também, muito frequentemente, na dúvida.

Alegria ou dor, ela está pronta a tudo carregar. Morta ou viva, ela quer se entregar ao Amor, ela suporta em seu coração imensos sofrimentos e é unicamente por amor que ela quer alcançar a terra prometida. Quando ele vivenciou tudo isso, a glória foi seu único refúgio, porque assim é, acima de tudo, a obra do Amor. Ela quer a  mais estreita união e o mais alto estado, onde a alma o entrega à mais íntima união.

quarta-feira, 9 de setembro de 2015

Considerações Sobre o Amor (I)



(Hadewijch d'Anvers)

Que Deus esteja convosco e vos dê
Verdadeiro conhecimento dos costumes do Amor!
Que Ele vos faça vivenciar o que significa
A palavra de Esposa do Cântico;
“Eu  sou do  meu Bem Amado e Ele é meu.
Que as abandonaria (abandonasse) com Ele ao Amor
Faria do Amor perfeita conquista
Espero que isso vos aconteça, e, enquanto tivemos,
Agradeçamos todas as coisas ao Amor!
Quer saborear este Amor verdadeiro
Na procura ou na descoberta,
Não deve seguir seu caminho nem vereda
Vagueando à procura de vitória do Amor,
Por montes e vales, além
Das vãs consolações, das penas, das tormentas,
Fora dos caminhos do pensamento humano,
O poderoso cavalo do Amor o carrega.
Para a razão não pode compreender
Como o Amor, para o Amor, vê o íntimo
Da Amada,
E como  vive livre em cada coisa
Ah! Quando a abre chega
A essa liberdade que dá o Amor
Ele não poupa nem vida nem morte,
Ele quer o Amor, ela não deixa por menos.
Porque, sendo absolutamente simples, Ele, de  modo algum,
Tem partes...


Não tendo superfície por sua própria natureza. 
Ele está, portanto, determinado a ocupar um lugar qualquer, grande ou pequeno, como se Ele deve não devesse, necessariamente, estar localizado em qualquer  parte. Ele que existiu desde toda eternidade, quando ainda não havia nenhum lugar. 
Mas, graças à infinitude de sua potência Ele atinge tudo  que está localizado, sendo a causa universal do ser. 
Assim, Ele está todo inteiro em qualquer lugar onde Ele se encontre, porque Ele alcança todas as coisas pela sua força que é muito simples.

quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Turbilhão de Amor


Quando se ama não é preciso entender o que se passa lá fora, pois tudo passa a acontecer dentro de nós.
(Clarice Lispector)