quinta-feira, 6 de abril de 2017

Castelo Encantado



A ponte levadiça está aberta,
Aproveito...
Visito meu Castelo Interior,
Muitas pedras e espinhos...
Não sabia que logo mais,
Logo a frente,
Haveria  um bosque florido...
O fim?
A Deus pertence... 
Ele só me dará o melhor...
Tenho certeza absoluta...
O Amor não me deixará de amar...
Nunca!

Não paro e não desisto,  
Sigo adiante,
Firme, forte, 
Confiante em Deus, 
De uma forma toda especial...

Meu corpo está envelhecendo
Minha alma é de uma eterna criança,
De uma princesa,
Sonho com seu Amor
Com ele vou me encontrar...
Ainda que no Céu...

Subirei a Torre...
Ou ele subirá para mim...
Só Deus sabe!
Ah! 
Que trança posso oferecer 
Ao meu príncipe
Quando ele chegar a me buscar?

Decepções,
Torturas psicológicas...
Tristezas...
Luto de corpo, coração e alma...
Infinitas necessidades não preenchidas...
Enganos mil...

A trança de que tamanho está?
Talvez já grande o suficiente e forte 
Cheia de esperança,
Aguentará erguer meu Príncipe

Não tarda a me reencontrar,
No céu...

Nenhum comentário:

Postar um comentário